Login

Lost your password?
Don't have an account? Sign Up

Desenvolvimento sustentável

O conceito de sustentabilidade não é novo. Ações concretas fundadas nessa ideia remontam da década de 80, obtendo o seu reconhecimento internacional pela primeira vez na Conferência do Rio de Janeiro em 1992. Desde então, muitos debates acalorados têm ocorrido, com o firme propósito de encontrar caminhos que permitam a exploração do planeta, sem, contudo, exauri-lo.
A adoção do Protocolo de Kyoto, por exemplo, representou uma bem intencionada tentativa de esforço conjunto internacional para controle da emissão de poluentes. Seus objetivos principais não foram totalmente alcançados, uma vez que a maioria dos países não cumpriu as metas assumidas no referido documento, além de não ter contado com a participação dos Estados Unidos.
No entanto, é inegável o seu legado de difusão de conhecimentos e tecnologias, de impacto positivo em políticas públicas e de maior conscientização sobre a necessidade de preservação do meio ambiente. Este Protocolo atribuiu oficialmente às florestas o papel de sequestradoras de carbono, importante função no controle do efeito estufa e, por conseguinte, medida mitigadora de alterações climáticas e de aquecimento global.
No mesmo sentido, a 21a Conferência das Partes, que culminou no Acordo de Paris, em 2015, reconheceu novamente a vocação das floretas, dentre outras, para a redução das emissões de gases com efeito estufa. Uma floresta gerida de forma sustentável corresponde a uma das soluções apresentadas para combater o já previsto aquecimento global. Sem contar o seu papel na preservação de recursos hídricos e na proteção da biodiversidade.
Logo, depreende-se que a atividade florestal bem planejada e bem executada constitui uma valiosa ferramenta à disposição do homem, capaz de funcionar, ao mesmo tempo, como atividade econômica e de reequilíbrio do meio ambiente. E a proteção ambiental sempre envolverá uma série de boas práticas! Fomentar e implantar cultivos florestais de modo responsável é uma necessidade.
Não basta a ideia de sustentabilidade. Ações coordenadas e desenvolvidas de forma profissional são necessárias para o bom manejo florestal. Um planeta verde só poderá ser mantido assim!

Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram